Aguarde, carregando...

VEREADOR ARI GIACOMINI CRITICA NOMEAÇÃO DE SECRETÁRIOS

VEREADOR ARI GIACOMINI CRITICA NOMEAÇÃO DE SECRETÁRIOS
Patrick Savaris
Por: Patrick Savaris
Dia 13/05/2020 19h06

“Pode não ser ilegal, mas na minha opinião é imoral. Creio que o dinheiro gasto com estas nomeações deveriam ser destinadas a Assistência Social, para ajudar os mais pobres a enfrentar os devastadores efeitos econômicos desta pandemia”.

Vereador Ari Giacomini manifestou-se contrário a nomeação do novo Secretário de Obras, e da nova Secretária de Saúde: “Entendo que não era o momento do Município aumentar a sua folha de pagamento em mais de R$ 10.000,00 por mês (que é o custo dos dois novos cargos recentemente nomeados). Num momento de extrema crise, de baixa na arrecadação, com tanta crise nas finanças pessoais, e das empresas, na minha opinião esta medida era totalmente desnecessária.

As atribuições destes cargos poderiam muito bem serem assumidas por funcionários de carreira do Município, sendo sim supervisionados pelo Prefeito e pelo Vice”. Vereador registra que tal crítica tem a ver única e exclusivamente com o ato administrativo em si; que nada tem contra as pessoas nomeadas.

Porém também registra que é contra a nomeação de parentes próximos do Prefeito e do Vice, especialmente suas esposas: “Da a impressão de que no grupo de apoiadores da coligação que sustenta a Administração atual não existem outras pessoas capazes de ocuparem tais cargos”.

Também registra que esta é sua opinião como parlamentar; e que a faria e a fará sempre, a qualquer Prefeito, companheiro ou não. “Pode não ser ilegal, mas na minha opinião é imoral. Creio que o dinheiro gasto com estas nomeações deveriam ser destinadas a Assistência Social, para ajudar os mais pobres a enfrentar os devastadores efeitos econômicos desta pandemia”.

Vereador saudou a vinda de recursos para o Município, oriundos de emendas parlamentares, e parabenizou seus colegas vereadores, inclusive vereadores da oposição, pelo intenso trabalho junto a seus Deputados, no intuito de trazer recursos ao Município.

Destacou ainda que como vereador tem o dever de fiscalizar os atos do executivo, discordando dos mesmos quando os achar inconvenientes. Que sabe que suas posições não agradam a todos: “Como vereador, sou elogiado por alguns, e criticado por outros. Isto faz parte da função pública. E quem quiser dela participar, tem que estar preparado para isso”.

Por fim, vereador Ari coloca-se a disposição da comunidade, para sugestões, críticas, conselhos, enfim, tudo aquilo que o povo tem direito, e que a democracia garante!

 

Veja também:

Confira mais artigos relacionados e obtenha ainda mais dicas de controle para suas contas.