Aguarde, carregando...

COMO A LUA CHEIA AJUDOU A DESOBSTRUIR O CANAL DE SUEZ

COMO A LUA CHEIA AJUDOU A DESOBSTRUIR O CANAL DE SUEZ
Por: Usuário Admin
Dia 30/03/2021 21h31

Superlua fez maré subir até 46 centímetros acima do normal

Um pouco de sorte vinda dos céus provavelmente tornou mais fácil para os engenheiros a tarefa de fazer flutuar novamente o gigantesco navio de contêineres que bloqueou o Canal de Suez, no Egito, por quase uma semana. 

A lua cheia de domingo (28) levou a uma maré alta de primavera cerca de 46 centímetros acima do normal na segunda-feira (29), o que facilitou o processo de desencalhar o navio, de acordo com a Nasa, agência espacial americana. 

{COMO A LUA CHEIA AJUDOU A DESOBSTRUIR O CANAL DE SUEZ}

 
Apesar do nome, as "marés de primavera" não têm relação com a estação. É um termo usado para designar as marés que surgem durante as luas nova e cheia, de acordo com o Serviço Ocêanico Nacional do Estados Unidos. 

Embora existam de 12 a 13 luas cheias por ano, somente seis a oito são associadas a marés altas o suficiente para fazer o que aconteceu ontem, e isso porque a lua fica mais próxima da Terra durante esses fenômenos, segundo o meteorologia Judson Jones. 

"Não é incomum que essas marés sejam até um pé (cerca de 30 centímetros) maiores do que as outras marés durante o ano quando a lua está mais distante da Terra", disse Jones. "E não há dúvida de que essas marés altas foram parte da estratégia para conseguir deslocar esse navio imenso."

Essas seis a oito luas cheias são chamadas superluas, porque elas parecem maiores e mais cheias de brilho no céu. A superlua de março foi a primeira do ano e a expectativa é que seja a quarta mais brilhante deste ano. 

O tráfego foi liberado nas duas direções no Canal de Suez na noite de segunda-feira, depois que rebocadores passaram várias horas trabalhando para liberar a proa do navio de contêineres Ever Given depois de terem feito o mesmo na popa um pouco antes. 

A operação bem sucedida foi recebida com alegria e alívio, enquanto centenas de navios que ficaram presos na rota de navegação agora se preparam para retomar suas rotas. 

O desafio agora é lidar com o acúmulo de navios que congestionam o canal. Com trabalho incessante, dia e noite, pode demorar até três dias para a situação ser normalizada.

cnnbrasil.com.br

Veja também:

Confira mais artigos relacionados e obtenha ainda mais dicas de controle para suas contas.