Home > Agricultura > TARDE DE CAMPO IDENTIFICA PRÁTICAS ADEQUADAS EM FAVOR DO SOLO

TARDE DE CAMPO IDENTIFICA PRÁTICAS ADEQUADAS EM FAVOR DO SOLO

No primeiro dia do mês de agosto aconteceu importante tarde de campo na Linha Gheller, na propriedade da família Ferrari. O enfoque principal foi conservação e manejo do solo promovendo aos agricultores um sistema resultados socialmente, economicamente e ambientalmente viáveis.  A propriedade possui uma área de 42 hectares próprias e 12 hectares arrendada.

Na primeira estação foram apresentados pela família e pelo de técnico Aldoir Ott da Emater de Constantina, os resultados de um trabalho de 3 anos de monitoramento de pragas e doenças, com diminuição do uso de inseticidas e fungicidas. Além de todo este trabalho, também foram construídos terraços de base larga com o objetivo de manter a água na lavoura. Durante o processo foram realizadas análises de solos com estratificação de profundidade para verificar as diferentes necessidades de nutrientes. Nesta lavoura está sendo realizado o plantio em nível, o qual facilita a infiltração da água da chuva. Este conjunto de ações diminuiu custos de produção e aumentou a produtividade das culturas (soja e milho) em mais de 20% comparando aos anos anteriores.

A cresol através do Dani Villa contribuiu nesta estação com a apresentação das linhas de crédito que poderão ser acessadas pelos agricultores e as regras que definirão o acesso ao crédito.

Na segunda estação o colega da emater de Novo Xingu, Rudimar Brusque, mostrou a necessidade do uso de plantas de cobertura de solo no sistema colher /semear (pós soja), e da importância da identificação da compactação do solo nas áreas cultivadas com grãos, assim facilitando a tomada de decisão do agricultor de qual o manejo ideal para a sua propriedade.

Na terceira estação a AGROTOTAL juntamente com a RAIX sementes, através do funcionário Alexandre, apresentou sobre os mix de adubação de cobertura implantados na propriedade. Tendo como finalidade a cobertura vegetal, capaz de transformar o solo nas entressafras. “A combinação inteligente de plantas proporciona múltiplos benefícios para o solo, renovando os nutrientes de forma natural e melhorando os aspectos físicos, químicos e biológicos. O resultado é o aumento expressivo do potencial produtivo das culturas comerciais semeadas posteriormente”, diz Rubens Bernadi, da Emater Constantina.