Home > Câmara de Vereadores de Constantina > VEREADOR QUESTIONA ABANDONO DE ESCOLA

VEREADOR QUESTIONA ABANDONO DE ESCOLA

Vilson Menegazzo lança desafio para vereadores e comunidade encontrar solução.

Na sessão da Câmara de Vereadores de Constantina do último dia 11/03/19 o vereador Vilson Menegazzo manifestou preocupação com o abandono do prédio da Escola Municipal da Linha Barra Curta Alta, local onde funcionou escola, projetos e programas do setor de assistência social.

Vilson relatou aos colegas vereadores que o prédio, que possui um estrutura grande (sala, refeitório, banheiros, alojamento) não está sendo utilizado, o matagal já toma conta do local (fotos) e aos poucos se deteriora.

Não vou fazer críticas, disse o vereador, mas lançar um desafio para a Câmara de Vereadores, primeiro fazer uma visita ao local e após convocar os poderes constituídos e principalmente a comunidade para em conjunto decidir o que fazer, que destino dar a esta grande estrutura. Não podemos deixar assim, temos que ouvir a comunidade e dar um destino.

Vilson Menegazzo sugere ouvir todos os segmentos da comunidade, pois entende que até empresas podem ser instaladas no local, gerando emprego, renda, aumento da receita municipal. O vereador solicita para as pessoas que possuem alguma ideia importante que procurem a Câmara de Vereadores. Isso tem que ser logo, de imediato. Precisamos agir, encaminhar e principalmente definir disse o vereador Vilson Menegazzo.

ESCOLA BARRA CURTA BAIXA:

Vereador Vilson Menegazzo diz que a Câmara de Vereadores aprovou indicação de sua autoria para que o prédio da Escola desativada da Linha Barra Curta Baixa fosse destinada para a comunidade realizar reuniões, encontros das equipes de saúde da família, clube de mães, terceira idade e parte para capela mortuária da comunidade. Diz que até o momento nada foi definido e o local também está abandonado e com o matagal tomando conta.