Home > Agricultura > Palestra em São José das Missões aborda convivência entre agricultura e apicultura e desafios do plantio direto

Palestra em São José das Missões aborda convivência entre agricultura e apicultura e desafios do plantio direto

Com o propósito de capacitar os produtores de São José das Missões, com informações sobre a atividade da apicultura e novidades acerca do sistema plantio direto, na noite da última quinta-feira (24/01), uma atividade promovida pelo Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar, juntamente com a Secretaria Municipal da Agricultura, Cotrisal, Colombo Agronegócios, Cresol e Sicredi, reuniu um público aproximado de 120 pessoas no Salão da Terceira Idade.

Duas palestras técnicas foram programadas. A primeira explanação foi realizada pela equipe do Movimento Colmeia Viva, que apresentou técnicas e propostas de convivência entre Apicultura e Agricultura, em especial com a produção de grãos. Esta abordagem foi conduzida pelo médico veterinário do Movimento Colmeia Viva, Daniel Espanholeto. No final de 2018 e início deste ano, uma grande mortandade de abelhas foi verificada em São José das Missões. Por essa razão, a Emater/RS-Ascar procurou orientar tanto apicultores quanto agricultores sobre saídas para essa questão.

A segunda atividade da noite foi uma palestra ministrada pelo professor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), campus de Frederico Westphalen, Antonio Luis Santi, que tratou sobre o manejo do Sistema Plantio Direto para melhoria da rentabilidade do agricultor e da sustentabilidade do sistema. Santi destacou conceitos como a rotação de culturas, a conservação dos solos, o combate à erosão de solo, o cultivo em nível, o uso de plantas recuperadoras e protetoras do solo, o combate ao vazio outonal e a cobertura constante do solo.

Em São José das Missões, a Emater/RS-Ascar atua na orientação técnica aos produtores sobre o manejo correto do sistema plantio direto. Ainda assim, observam-se problemas como a não utilização de plantas recuperadoras e de cobertura de solo, a presença do vazio outonal (lavouras sem plantas no período do outono) e o retorno da erosão de solo. “A atividade foi organizada para atender às demandas atuais dos agricultores do município e buscar aumentar o grau de sustentabilidade e melhoria da rentabilidade das atividades desenvolvidas pelos agricultores familiares”, comentou o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Mairo Piovesan.

A atividade contou com a presença do prefeito de São José das Missões, Silvio Pedrotti de Oliveira, do gerente da Cotrisal do município, Valdir Mentz, do gerente da Cresol, Lucas Garzão, do gerente da Sicredi, Rodrigo Facco de Oliveira, e do sócio-proprietário da Colombo Agronegócios, Juliano Picolli.

 

Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar – Regional de Frederico Westphalen

Jornalista Marcela Buzatto