Home > Religião > Caprichar nos detalhes, nos pequenos gestos

Caprichar nos detalhes, nos pequenos gestos

Nós temos uma vida muito corrida, com muito trabalho, com muitas preocupações e às vezes esquecemos que os pequenos gestos, as pequenas gentilezas, fazem muito bem. Um sorriso, um beijo, um abraço, uma flor, um dizer “eu te amo”, um “você é importante para mim”, “você me faz bem”, “gosto da sua companhia”, tudo isso faz a diferença no caminho de quem pratica estes pequenos gestos e também para quem os recebe. A pessoa, se não cuidar, pode se tornar um simples fazedor de tarefas. Sem essas pequenas atitudes, os relacionamentos em casa, na família, na empresa, na escola, no nosso ambiente, todos, vão se tornando menos humanos e frios. Nós precisamos aprender continuamente a ser humanos de verdade. O indivíduo pode se considerar uma pessoa bem educada e o melhor motorista do mundo, mas se fechar um cruzamento isso demonstrará sua falta de educação e sua falta de civilidade. Alguém pode se dizer preocupado com a ecologia, com o futuro do planeta, mas se jogar um pedacinho de papel no chão, aí estará demonstrando exatamente o contrário.

Muitas pessoas casadas há anos, apesar de levar uma vida conjugal tranquila, nem mesmo se lembram de quando foi a última vez que disseram ou ouviram que amam ou são amadas. Tentemos nos lembrar de quando foi a última vez que elogiamos alguém? Elogio sincero e não uma crítica disfarçada. Talvez muitos de nós tenhamos dificuldades de nos lembrar de quando elogiamos alguém pela última vez. É bom ressaltar que é importante dizer, é importante praticar ações bem intencionadas, fazer pequenas gentilezas. Só nos fará bem! Uma pessoa pode estar de mau humor, mas não ficará pior se lhe desejarmos um bom dia com um sorriso sincero. Ou dizer-lhe você “é importante para mim”, “você é importante para a empresa”. Como nos falta isso!

Sorrir sempre! É claro que nem sempre estamos bem e nem sempre estamos dispostos a sorrir. Mas fazer um esforço, sendo positivo, olhar nos olhos, ser sincero, cumprimentar as pessoas, são pequenos gestos de carinho que produzem grande satisfação no coração. São atitudes que fazem diferença na vida de ambos, de quem pratica e de quem recebe. O que queremos é que as pessoas nos vejam quando olham para nós. Por isso, caprichar nos detalhes, nas pequenas gentilezas, nos pequenos gestos, pode não mudar o mundo, mas muda o mundo a nossa volta e a vida. E os nossos dias começam a ficar muito melhor, com muito mais sentido.

 

 

 

Padre Ezequiel Dal Pozzo

[email protected].com.br