Home > Clientes > Sicredi Região da Produção RS/SC disponibiliza mais de R$ 206 milhões em crédito rural

Sicredi Região da Produção RS/SC disponibiliza mais de R$ 206 milhões em crédito rural

Instituição financeira cooperativa está preparada para receber solicitações de seus associados para investimento e custeio em suas propriedades

 

A cooperativa lançou o Plano Safra 2018/2019 em três eventos regionalizados que reuniram profissionais do segmento de agricultura dos 14 municípios da área de atuação da Sicredi Região da Produção RS/SC. Durante os encontros, realizados em Constantina, Sarandi e Nonoai, foram apresentadas as mudanças deste Plano Safra, inclusive as taxas de juros que reduziram em relação ao ciclo anterior.

O pequeno e médio produtor rural e a agroindústria familiar são os segmentos mais atendidos pela Sicredi no Brasil. Neste ciclo do Plano Safra a estimativa é de disponibilizar mais de R$ 206 milhões em crédito rural, para a área de atuação da Sicredi Região da Produção RS/SC. A estimativa é de superar os números do ciclo anterior, com previsão de aproximadamente 5.000 operações de liberação nas linhas de custeio para público de Pronaf, do Pronamp e demais produtores, comercialização e investimentos BNDES.

 

Mais informações sobre o Plano Safra 2018/2019 e suas linhas de crédito podem ser obtidas em qualquer agência Sicredi.

 

 

 

Acompanhe o quanto está disponível para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina para a safra 2018/2019:

 

Para o novo Plano Safra 2018/2019, o Sicredi está disponibilizando para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, mais de R$ 6,93 bilhões em crédito rural, com estimativa de realizar cerca de 114 mil operações. Desse total, R$ 5,93 bilhões vão para custeio, comercialização e investimento em linhas do Pronaf, do Pronamp e demais. E mais, R$ 1 bilhão será direcionado para operações com fontes do BNDES.

Ao todo no Brasil, o Sistema Sicredi está disponibilizando mais de R$ 16,18 bilhões em crédito rural para o Plano Safra 2018/2019, com a expectativa de gerar cerca de 214 mil operações, entre custeio e investimento. No fechamento consolidado nacional do ciclo Safra 2017/2018, o Sistema Sicredi liberou mais de R$ 11,6 bilhões, com resultado 16% superior a safra anterior, com a efetivação de 195 mil operações.

Veja, na tabela abaixo, a evolução da liberação de crédito pelo Sicredi no país:

Finalidade Valor Liberado Safra 16/17 – R$ Valor Liberado Safra 17/18 – R$ Variação
COMERCIALIZAÇÃO 647.940.263 848.838.464 31%
INVESTIMENTOS 1.580.925.722 2.079.503.596 32%
CUSTEIO 7.763.833.930 8.657.832.450 12%
INDUSTRIALIZAÇÃO 18.592.745
Total 9.992.699.915 11.604.767.255 16%

 

Setor se mantem em evolução

Os mercados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina mostram que – independente das adversidades climáticas, econômicas ou de mercado, seguem mantendo o nível de contratação de crédito rural em crescimento. Prova disso, são os números gerados na safra anterior onde, os dois estados, realizaram 102.615 mil operações que somaram R$ 4,98 bilhões em crédito. Juntos, RS e SC, representam 43% do total liberado pelo Sistema Sicredi no país. Por conta da sua missão direcionada para o crescimento sustentável, o Sicredi busca estar juntos com os associados para apoiá-los no financiamento da produção e nos investimentos em sua propriedade. Com isso, gera desenvolvimento aos associados que se estende – naturalmente – a toda a comunidade.

 

Fontes dos recursos

Além dos recursos provenientes do BNDES, o Sicredi desenvolve a democratização do acesso ao crédito, direcionando grande parte dos recursos da sua Carteira de Poupança para financiar o agronegócio, representando em torno de 47,2% do total dos recursos disponibilizados que impactam direto as comunidades com a geração de renda, empregos e qualidade de vida às pessoas. A atuação do Sicredi é focada na sustentabilidade do acesso ao crédito rural, o que reflete na baixa inadimplência que hoje – no RS e SC – registra 0,15% no fechamento do Plano Safra anterior.

 

Agricultura familiar – segmento em crescimento

A agricultura familiar (que engloba o pequeno e médio produtor rural) e a agroindústria familiar seguem como o segmento mais atendido pelo Sicredi no Brasil. E no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, este segmento representou 92,3% das operações realizadas no ciclo 2017/2018, que se encerrou. Segundo o BNDES, o Sicredi é a 3ª instituição financeira na liberação de crédito rural e a 1ª no segmento da agricultura e agroindústria familiar no Brasil. O posicionamento do Sicredi foi construído – primeiro pela sua origem – e com os valores e o entendimento das necessidades da agricultura familiar e a proximidade com os associados.

Lauri Klein, associado da Sicredi Região da Produção RS/SC há 24 anos é exemplo de produtor que investiu no seu negócio com os recursos disponíveis na cooperativa.  A propriedade familiar localizada no município de Nova Boa Vista/RS agrega renda com produção de leite, suínos e grãos. Recentemente o agricultor investiu no sistema de Confinamento Compost Barn, com a ajuda do crédito Rural do Sicredi. “Nada mais impede que o agricultor se torne um empresário, um empreendedor do campo. A evolução e a tecnologia servem para isso, aliando à confiança que tenho nas pessoas que trabalham comigo. Ter um parceiro como o Sicredi para realizar esses nossos sonhos é o que faz a diferença”, destacou.

Lauri é casado com Judite, e pai de três filhos. O mais jovem deles, Jonas, está concluindo a Faculdade de Medicina Veterinária e retornará para a propriedade para auxiliar o pai. “O pai tem que ser um parceiro do filho na sucessão familiar. Estou muito orgulhoso que meu filho irá voltar, por isso investi na modernização da propriedade”, finalizou.

 

Franciele Demarchi

Assistente Administrativo

Comunicação e Marketing