Home > Câmara de Vereadores de Constantina > VEREADORA SONIA COMENTA PROJETO DE LEI DE INICIATIVA POPULAR

VEREADORA SONIA COMENTA PROJETO DE LEI DE INICIATIVA POPULAR

Na última sessão legislativa, a vereadora Sonia Camara Lima, entre outros assuntos, comentou sobre o Projeto de Lei de Iniciativa Popular que visa inserir o estudo da cultura gaúcha na rede municipal de ensino, de autoria de jovens tradicionalistas do CTG Taquaruçu de Constantina.

Segundo a vereadora, o Projeto havia sido enviado para as escolas, através da Secretaria de Educação, a fim de que o corpo docente discutisse sobre este e desse seu parecer. Há poucos dias, houve uma reunião entre a secretaria da educação, diretoras de escolas, representantes dos autores do Projeto, e vereadores, onde foi manifestada a opinião das escolas sobre o assunto. Para a vereadora, os professores reconhecem a importância do Projeto, mas ainda não definiram como viabilizá-lo, considerando a forma como está previsto. Nesse sentido, ficou combinado que a secretaria de educação e seus professores vão reunir-se com autores do Projeto para discuti-lo, fazer uma readequação que não o descaracterize, mas que contemple a iniciativa dos jovens e as boas ideias levantadas pelo corpo docente, a fim de que retorne para a Câmara e possa ser aprovado.

A vereadora Sonia destacou que os vereadores valorizam a bela iniciativa dos jovens e a dedicação deles ao Projeto, mas também entendem que os professores precisam obter mais esclarecimentos sobre o assunto, pois, afinal, são eles que vão colocá-lo em prática, no momento em que for aprovado. Ela disse estar contente pelo modo como tudo foi encaminhado, e acredita que escolas e autores do Projeto irão torná-lo viável, de forma a ser aprovado e colocado em prática, enriquecendo o currículo das escolas, que já realizam belos trabalhos, e rendendo frutos para as famílias e a sociedade, como aconteceu com o Projeto de Lei dos alunos da Escola Bento Gonçalves, que instituiu o Dia da Leitura no município, como bem lembrou a secretária da educação, professora Silvana, na reunião com os vereadores.