Home > Câmara de Vereadores de Constantina > Legislativo participa do início das obras de reforma e ampliação do bloco cirúrgico da AHCROS

Legislativo participa do início das obras de reforma e ampliação do bloco cirúrgico da AHCROS

Na última segunda-feira (14/05) a direção da AHCROS convidou as autoridades dos municípios de Constantina e Novo Xingu para participarem do início das obras de reforma e ampliação do bloco cirúrgico do hospital.

 

O Poder Legislativo de Constantina esteve presente com o Presidente João Alberto Maffessoni, e os vereadores Vilson Menegazzo, Neocadio Di Domenico, Ari Giacomini, e as vereadoras Cleusa Tomazelli e Sonia Camara Lima.

 

O bloco cirúrgico foi interditado por determinação da Vigilância Sanitária, que exigiu uma série de reformas para que o mesmo pudesse voltar ao funcionamento, e atender as demandas de Constantina e região. A partir de então iniciou-se uma intensa mobilização das lideranças e da comunidade regional, buscando angariar recursos para realizar as obras necessárias.

 

Preocupados com a situação da AHCROS várias lideranças e entidades regionais uniram forças, buscando alternativas para resolver o impasse, que quase culminou com o encerramento das atividades do hospital.

 

Assim sendo, a Administração Municipal de Constantina e Novo Xingu decidiram destinar R$ 200.000,00 cada, para dar início às obras que terão um custo total de aproximadamente R$ 488.000,00 sendo que a AHCROS ficará responsável por conseguir o restante dos recursos.

 

No início do mês de maio (03) foi assinado o contrato com a empresa Sidinei Moreira Pinturas de Frederico Westphalen, vencedora do edital de licitação, que será responsável pela execução da obra de 267 m², sendo que 213 m² serão de reforma e 54 m² de ampliação.

 

O Coordenador Geral da AHCROS, Móises Loreno Alves dos Santos, explicou que com o objetivo de arrecadar recursos para cobrir o restante dos investimentos, a AHCROS estará promovendo algumas iniciativas, e destacou a rifa que já está sendo vendida na região.

 

Os vereadores também visitaram o prédio do refeitório, que teve um investimento de cerca de R$ 280 mil e está praticamente concluído.