Home > Notícias > OPERAÇÃO DA PF INVESTIGA SUPOSTO DESVIO DE RECURSOS DE HOSPITAL EM PASSO FUNDO PARA EMPRESA

OPERAÇÃO DA PF INVESTIGA SUPOSTO DESVIO DE RECURSOS DE HOSPITAL EM PASSO FUNDO PARA EMPRESA

Um suposto esquema de desvio de recursos públicos do Sistema Único de Saúde (SUS) no Hospital São Vicente de Paulo, em Passo Fundo, no Norte do Rio Grande do Sul, é investigado pela Polícia Federal. Uma operação foi deflagrada na manhã de terça-feira (20).

Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão. Além de Passo Fundo, os agentes foram a Porto Alegre e Florianópolis, em Santa Catarina. Mais de 50 policiais federais participaram da ofensiva denominada Efeito Colateral.

A suspeita é de que recursos destinados ao hospital estejam sendo repassados irregularmente para uma empresa de fachada do ramo de consultoria, localizada na capital catarinense. Conforme a PF, os repasses seriam de cerca de R$ 400 mil em um ano.

As investigações apontam, segundo a PF, que o titular dessa empresa seria um laranja, supostamente vinculado a um funcionário da administração do hospital.

Desde agosto de 2017 a PF investiga a legalidade de repasses de recursos do hospital para a empresa. Essa foi apenas a primeira fase da operação.

Apesar de estar legalmente constituído como entidade particular filantrópica, o Hospital São Vicente de Paulo recebe e administra verbas públicas oriundas do Fundo Nacional de Saúde.

O Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) informou por meio de nota que está colaborando com as autoridades para que a situação seja “amplamente esclarecida”.

 

Fonte: g1.globo.com