Home > Câmara de Vereadores de Constantina > VEREADOR LÍRIO DESTACA FALTA DE COMPROMISSO DO ESTADO COM OS SERVIDORES

VEREADOR LÍRIO DESTACA FALTA DE COMPROMISSO DO ESTADO COM OS SERVIDORES

Na última sessão (02/10) o vereador Lírio Rigon abordou vários assuntos ao usar da tribuna, entre eles a falta de respeito com os servidores do Estado (Professores, Polícia Civil e Brigada Militar). O Legislador também fez duas indicações verbais, solicitou a construção de uma ponte ou pontilhão que liga o Bairro das Laranjeiras ao Bairro Belo Horizonte, e um redutor de velocidade na Avenida Presidente Vargas, próximo ao Bar do Montanha.

 

O vereador Rigon disse que foi procurado pelos moradores do Bairro Belo Horizonte, os quais explicaram que hoje existe uma pinguela que é utilizada na sua grande maioria por trabalhadores e estudantes. A pinguela apresenta riscos pela falta de segurança, principalmente em dias de chuva e com o aumento do nível da água. O vereador explicou que com a construção de uma ponte ou pontilhão seria possível atravessar o local com segurança em dias de chuva ou em dias que o nível da água esteja alto, inclusive seria possível a passagem de veículos, sendo que hoje isso não é possível.

 

Quanto a solicitação dos moradores próximos ao Bar do Montanha, o vereador disse que já existe um quebra-molas na Avenida Presidente Vargas, mas o mesmo é baixo e os veículos acabam não diminuindo a velocidade. Lírio destacou que esse trecho tem constante fluxo de automóveis e caminhões, sendo também que o mesmo fica na esquina, aumentando o risco de acidentes. O vereador solicitou a construção de um redutor de velocidade no local, ou que os responsáveis façam as alterações necessárias no quebra-molas, obrigando a redução de velocidade.

 

Na tribuna o Vereador Rigon comentou o descaso dos governantes que se escondem da crise, e destacou a falta de compromisso do Estado com os servidores, principalmente com Professores, Policia Civil e Brigada Militar.  Lírio disse que investimentos em educação e segurança são fundamentais para garantir o futuro da população. “Sem educação e segurança o povo não tem futuro. Não sou negativo, mas pelo que se nota a situação vai ficar pior. Estou do lado do povo, sempre pronto para ajudar e a diminuir o sofrimento de quem precisa. Fazendo o bem sem olhar a quem”.