Home > Câmara de Vereadores de Constantina > Vereadores de Constantina buscam resolver problemas da comunidade

Vereadores de Constantina buscam resolver problemas da comunidade

No mês de abril os Vereadores João Alberto Mafessoni (PMDB) e Nildo Zanella (PSDB) estiveram tratando juntamente com os demais colegas da Casa Legislativa de situações que preocupam a comunidade Constantinense, que são elas:

 

  • Alternativas para a manutenção e melhoria do Hospital da AHCROS;
  • A constante falta de água na parte alta da cidade;
  • Situação da Delegacia de Polícia de Constantina.

 

Os vereadores participaram de importante reunião para tratar a respeito do Hospital da AHCROS. Atualmente o bloco cirúrgico do Hospital está fechado e o SUS está exigindo uma adequação as necessidades da AHCROS, que hoje seria uma ampliação passando de um Hospital de pequeno porte para um de médio porte.

O Vereador Nildo Zanella destacou a necessidade de fazer uma força tarefa em defesa da AHCROS, juntar forças politicas da região para que se possa alcançar o primeiro objetivo, que é a ampliação do número de leitos.

Segundo o Doutor Beto é necessária a ampliação do Hospital para médio porte, tendo no mínimo 50 leitos, o que facilitaria a busca por melhores convênios junto ao SUS, que hoje atende a grande demanda da população de Constantina e região. “Com um Hospital de médio porte, a partir de uma ampliação, poderemos sim gestionar as várias especialidades para trazer ao município de Constantina e a comunidade da nossa região”, comentou o Vereador João Alberto Mafessoni, que destacou a possibilidade de uma construção na vertical, fazendo um melhor aproveitamento da área do Hospital na busca pela ampliação de espaço.

Os Vereadores falaram da emenda de R$ 250.000,00 vinda através do Ministro Ronaldo Nogueira (feita pelo Deputado Cajar Nardes) para construção e ampliação do Hospital. Hoje seriam necessários R$ 1.000.000,00 para fazer a ampliação do Hospital, mas esses R$ 250.000,00 vão dar suporte para iniciar a obra.

Os Vereadores destacaram a reunião realizada com os representantes da CORSAN, o Engenheiro de Carazinho e o Chefe Regional de Sarandi, onde relataram todas as iniciativas que estão sendo desenvolvidas pela CORSAN para solucionar os problemas na rede de água do município, que ocasionam a falta de água em alguns pontos da cidade.

O Vereador Doutor Beto fez um apelo aos moradores da parte alta da cidade, em especial do Bairro Bela Vista, quanto a necessidade de ter um reservatório de água em cada residência para amenizar os transtornos provocados pela falta de água. Não se pode depender apenas da vinda da água direta, é necessário ter um reservatório na residência, de 500 ou 1.000 litros, destinado para as necessidades de cada família.  Para justificar a necessidade o Vereador citou o que acontece na grande maioria das vezes em que falta água na cidade, “Quando estoura um cano e necessário fechar os canos para providenciar o conserto, o que pode durar 24h e a demanda de falta de água acaba atingindo as residências que não possuem um reservatório de água”.

O Vereador Nildo destacou a importância do cloro no tratamento da água, deixando ela própria para o consumo, e disse estar preocupado pelo motivo de que algumas comunidades do interior não recebem tratamento na água destinada para o consumo. O Vereador solicitou para que o Poder Executivo providencie o tratamento de água para as comunidades que ainda não tem, devido a importância do mesmo, “O cloro é o remédio da água, e tratar a água é investir em prevenção, é investir em saúde”.

Os Vereadores falaram a respeito da visita a Delegacia de Polícia do município para conversar com os servidores, ver a situação em que se encontra o prédio da DP e quais as demandas necessárias para o desempenho das atividades.  Na ocasião foi constatado vários problemas estruturais, falta de materiais de uso contínuos como folhas de ofício e cartuchos para impressora.

A maior preocupação dos Legisladores foi da possibilidade da Delegacia de Polícia ter apenas um servidor ainda neste ano. Hoje a Delegacia do município conta com 04 servidores do Estado, dos quais 03 estão aptos a encaminhar a aposentadoria por tempo de serviço.

O Vereador João Alberto Mafessoni relatou que entrou em contato com o Delegado Regional Cezimbra para buscar uma solução, onde será agendada uma audiência com o Delegado Regional de Carazinho e posteriormente buscar uma solução junto ao Secretário de Segurança Pública do Governo do Estado. O Legislador informou que ainda neste ano vários servidores serão convocados para trabalhar nas Delegacias em todo o Estado, sendo essa a oportunidade de se buscar pelo menos 02 servidores para Constantina.

O Vereador Nildo Zanella falou da importância da união dos Legisladores em buscar forças junto ao Governo do Estado para que a Delegacia de Polícia de Constantina não fique apenas com um servidor, situação que já ocorre em outros municípios da região.